01 maio 2008

Mopho - Sine Diabolos Nullus Deus (aos amantes do bom rock n roll)


Nascido em 1954, o rock transformou-se em um dos maiores fenômenos culturais da história da Humanidade. Nesses 50 anos, reinventou-se a cada nova década, movimento ou grupo surgido, e espalhou-se pelo planeta Terra. Com isso, nada mais natural que um dos principais grupos de rock da atualidade, capaz de agradar gente do mundo inteiro, como ocorreu com o primeiro disco, tenha nascido em Maceió, Alagoas, fora dos grandes centros.

Na época, Darian Sahanaja, dos americanos Wondermints, e misto de parceiro musical e maestro de palco de Brian Wilson, destacou que o guitarrista e vocalista João Paulo era "um grande compositor". Agora, em seu segundo trabalho, com João Paulo e o tecladista e também ótimo compositor Leonardo à frente, o grupo Mopho retorna com novas e também belas canções, vestidas com primorosos arranjos instrumental e vocal. As canções de João Paulo e de Leonardo, que passeiam com elegância e total intimidade pela psicodelia, folk rock, pungentes baladas e pelo rock mais pesado, são também um atestado da evolução do rock no Brasil. Como eles, poucos grupos têm a capacidade de promover a linha evolutiva do rock nacional, resgatando - ao lado das referências internacionais, especialmente Beatles - influências, sonoridades e timbres da melhor música jovem produzida no país.

Obras como 'O Amor é Feito de Plástico', assim como tantas outras do álbum, poderiam estar no repertório de qualquer grupo estrangeiro, sendo reverenciadas como novos clássicos do rock moderno. Ouvir Mopho, além do prazer musical, é sentir-se estética e culturalmente valorizado no mundo globalizado do rock and roll. De fato, os rapazes têm um pouco de sangue azul...
(Fernando Rosa, editor da revista eletrônica SENHOR F.)

Disponibilizo abaixo, o CD da Mopho, para aqueles que ainda não conhecem..






In Comum






Banda: Mopho
Álbum: Sine Diabolos Nulles Deus
Gênero: Rock
Ano: 2004

Recomendado!!
Detalhe: É da terra!!

Sites: musica indie / br

Nenhum comentário: