05 junho 2008

O Inominável - Samuel Beckett (Literatura)

Estou lendo "O Inominável" - Samuel Beckett (ganhador do Prêmio Nobel da Literatura em 1969).

O Inominável é o terceiro volume de uma trilogia (mas que pode ser lida independentemente) escrita entre 1946 e 1949, integrada por Molloy e Malone Morre. Em "O Inominável", o papa do absurdo nos conta a história de Mahood, um ser sem nome que é puro discurso, uma bolha falante. Os personagens de Beckett nunca estão seguros de nada e vivem numa perpétua oscilação entre o máximo e o mínimo, num paradoxo perene.

Com 137 páginas, o livro torna-se grosso por ser de uma leitura um pouco difícil, também por se tratar de um monólogo. Mas estou terminando... para aqueles que desejam ler algo mais denso, esta ai a minha recomendação.


Até a próxima!

Nenhum comentário: